Quem somos

O objetivo deste blog é possibilitar a interação entre a Oficina e as Escolas. Através desta ferramenta divulgaremos informações, eventos pedagógicos e realizaremos discussões que possam trazer contribuições para o cotidiano escolar.

domingo, 30 de maio de 2010

Acróstico em Homenagem ao I SARAU PEDAGÓGICO DA DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO NORTE -2

Que todos tenham um lindo dia...


Seremos agraciados com uma viagem no tempo,
Acontecimentos mil no coração do Brasil.
Recordações e fatos que marcaram época.
A moda era Madame Chanel.
Usávamos jeans e camisas floridas.

Paz e Amor - Faça amor, não faça a Guerra...
Epoca das discotecas, do movimento hippie.
Doideiras mil nesse Brasil...
Aonde íamos, ouvia-se Bossa Nova.
Gostávamos de dançar, divertir-nos...
Onde encontramos esses velhos bons tempos!
Guardados na nossa memória, a sete chaves...
Identidade adquirida e não esquecida.
Como esquecer do nosso passado, jamais esqueceremos...
O que nos resta agora é saborear as boas lembranças e provar das coisas novas.


“Para ser feliz não precisamos muito, o que temos é suficiente para a felicidade”.

PC_PEREA



Professor José Luis Castilho Perea agradecemos pela delicadeza e aproveitamos para lembrar a todos que dia 10/06 teremos o TEATRO SILVA no I SARAU PEDAGÓGICO DA DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO NORTE - 2.

Todos estão convidadíssimos!!!

EE Prof. Sérgio da Costa


As homenagens seguiram com músicas, jograis, teatro, danças e muita alegria!
Posted by Picasa

EE Sérgio da Costa

Festa do Patrono



A educação é um processo social, é desenvolvimento.
Não é a preparação para a vida, é a própria Vida.

John Dewey


Parabéns à direção, coordenação e comunidade pela linda festa!
Posted by Picasa

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Memorial da resistência




Memorial da Resistência de São Paulo
Pinacoteca do Estado de São Paulo
www.pinacoteca.org.br
Largo General Osório, 66 - Luz
CEP 01213-010 - São Paulo, SP
Telefone: 55 11 3335 4996

O Recheio que faltava em sua vida

Qual é o recheio que falta em sua vida? Esta é a pergunta que o Professor de Filosofia da EE Guilherme de Almeida tentou propositivamente discutiu em seu livro: O Recheio que faltava em sua vida: para agir com sabedoria e ser feliz.

"Se este livro ajudar o leitor a ver a vida de uma nova maneira, com mais criatividade, ousadia e tornar-se uma pessoa mais interessante, em vista de uma vida feliz, ele terá cumprido seu propósito."

Professor Ivo Lima dos Santos

Parabéns Professor, contamos com sua presença em nosso I Sarau Pedagógico!

EE GUILHERME DE ALMEIDA - Olimpíadas de Língua Portuguesa

MAIS UMA LINHA é o resultado do trabalho realizado para as Olimpíadas de Língua Portuguesa da Escola Guilherme de Almeida. Estão participando do projeto: Renata Pojar (Física), Isaac Kassardjian Jr. (Arte), Advaldo Pereira Barbosa (Matemática), Ana Maria Pereira (Língua Portuguesa). Deve-se ressaltar que nas 1ªs séries do EM, estão participando os professores Física, Arte e Matemática.


Vale a pena conferir: http://maisumalinha.blogspot.com/


"Não é, porém, a esperança um cruzar de braços e esperar. Movo-me na esperança enquanto luto e, se luto com esperança, espero".

Paulo Freire

Parabéns pelo comprometimento!

EE Júlio Pestana - "Mudanças Climáticas"

Posted by Picasa
Sob a coordenação da Professora Alexandra - Biologia, os alunos do 2ºA elaboraram uma exposição intitulada: "Mudanças Climáticas".
Parabéns à Professora pelo empenho e aos alunos pelo belo trabalho!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

CONVITE

CONVITE
A direção da E.E. Professora Carmosina Monteiro Vianna tem a honra de convidar a todos para inauguração da sala de leitura, onde a professora CAROLA BERTOLANI será homenageada.
Dia:01/06/2010
Horário:10h

Teatro

http://www.festadoteatro.com.br


Ano passado foi sucesso absoluto. Esse ano a novidade é a inclusão das peças infantis. Serão distribuídos gratuitamente 30 mil ingressos de teatro adulto e 10 mil ingressos de teatro infantil para mais de 170 peças em cartaz na cidade de SP.

O primeiro dia de distribuição é quinta que vem, dia 27. A abertura será ao meio-dia em frente ao Teatro Municipal.

Esse evento é tão bacana que todo mundo tem que saber que existe. Principalmente quem não vai ao teatro porque acha caro e tem a oportunidade de ir de graça.

Viva o teatro!!!!

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Provérbios

Curso - Gêneros Textuais

RELEASE EXPOSIÇÃO SHOA - SESC POMPEIA - JUNHO

Release Exposição SHOA – SESC POMPEIA - JUNHO


Exposição sobre o Holocausto judaico, ocorrido na Segunda Guerra Mundial sob o regime nazista de Adolf Hitler, que conta com recursos audiovisuais interativos para apresentar acontecimentos históricos relacionados ao tema e abordar questões como coexistência e direitos humanos. Projetada e concebida por três jovens uruguaios, a exposição, intitulada “Shoá, Memória e Legado do Holocausto” na versão uruguaia, aconteceu em Montevidéu em 2008 e está sendo trazida ao Brasil por idealização do empresário William Rozenbaum Trosman, um dos organizadores da itinerância no país. No Brasil, além de todo o acervo proveniente da exposição do Uruguai, será exposto também material sobre o tema produzido aqui. Serão filmes, livros, estudos, obras de artes plásticas, peças de museus brasileiros e depoimentos de sobreviventes que residem no país. A partir do tema do Holocausto, a exposição pretende suscitar reflexões sobre os diversos genocídios que ocorreram, e ainda ocorrem, na história da humanidade. A exposição contará com equipe de educadores, que realizarão visitas monitoradas para grupos escolares e público em geral. Galpão do SESC Pompeia.

COMO EU PRESERVO

COMO EU PRESERVO - CADESst
O Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura e Paz tem o prazer de convidar Vossa Senhoria para o evento em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente.
Palestra: Sabesp, Cetesb, Instituto Florestal, Limpurb e Umapaz
CONCURSO DE REDAÇÃO: "COMO E PRESERVO O AMBIENTE QUE HABITO"
Horário: Das 8 às 18h
Local: IPREM - Av. Zaki Narchi, 536 - Carandiru
OBS: Estacionamento gratuito no local.
Ficaremos honrados com sua presença!

terça-feira, 25 de maio de 2010

Olimpíadas de Língua Portuguesa - Gêneros

video


Recuperação Paralela de Língua Portuguesa

Oficina: Máquina de Contos
Posted by Picasa

Implementaçaõ do Currículo - Curso de Gêneros

É hora de história! Que personagem você é???
Posted by Picasa

Homenagem à Dirigente Regional de Ensino - Maria José Valezin


Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão.

Paulo Freire

A equipe da Diretoria Norte 2 parabeniza a Dirigente Regional de Ensino pelos 4 anos de gestão!
Posted by Picasa

Implementação do Currículo - Reunião Supervisores e PCOPs

Posted by Picasa

Palestra: GÊNEROS TEXTUAIS

Palestra Gratuita da EdiçõesSM para atender Professores da rede pública de Língua Portuguesa do ciclo II
Palestrante: Greta Marchetti

Greta Marchetti
Licenciada em Letras e Mestre em Educação pela Universidade de São Paulo - USP
Professora de Língua Portuguesa e Coordenadora de área na rede particular de ensino.


Assunto da palestra: "Gêneros textuais" , como: Poema/Memórias Literárias/Crônica/Artigo de opinião

Local: Teatro Mazzarello-(Colégio Madre Mazzarello)
Praça Manuel de Matos, s/n - (ao lado do colégio Salesiano Santa Teresinha)
Santana - São Paulo - SP

Data para a palestra: 26/06/2010 -(sábado)
Horário: das 9hr às 12:hr00

9:00 - Coffee Braeak e credenciamento de professores
9:30 - Palestra " Gêneros textuais"
-Forneceremos certificado de presença através de e-mail

* As inscrições devem ser confirmadas até o dia 11/06/2010 somente através do e-mail:
fernanda.pires@grupo-sm.com
Para a inscrição ser efetuada é necessário enviar o e-mail com:

Nome do professor :
Colégio que o professor dá aulas:
E-mail do professor:
Telefone:
As séries que o professor dá aulas de Língua Portuguesa:

As vagas são limitadas, se inscrevam o quanto antes!

Contamos com sua presença!!

Atenciosamente,
Fernanda Pires
Tel.:(011)85.361573
Gestora Comercial
Edições SM

6ª Edição Ziguezague - Moda e Arte (MAM)

Posted by Picasa

Parabéns, Luiza!!!

Posted by Picasa

Alunos da EE Carmosina Monteiro Vianna - CONCURSO JORGE AMADO

Posted by Picasa

A Cor da Cultura - Máscaras


Posted by Picasa

A Oficina de Máscaras contou com a colaboração da artísta plástica: Elza Urtans.

Curso a Cor da Cultura - Oficina de Máscaras











Exposição "A Cor da Cultura"











Exposição "A Cor da Cultura"





Curso: A Cor da Cultura - Valorização da Cultura Afro-brasileira




Aula com a PCOP de Arte - Dinorah "Arte Africa".

Participação especial da Supervisora Isabel e da PCOP Thelma

Implementação do Currículo - Língua Portuguesa


Videoconferência - Curso: Encontro com a Leitura e Escrita - Monteiro Lobato
Roseli Frasca - CENP


Professores de Língua Portuguesa do Ciclo II participam do curso: Encontro com a Leitura e Escrita.

Implementação do Currículo - Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias




Professores Coordenadores participam de palestra no Planetário

Acontece na Norte 2 - Palestra sobre Gêneros Textuais



Professor Herminio Sargentim



Professores de Língua Portuguesa e Coordenadores Pedagógicos participam de Palestra sobre Gêneros Textuais,no auditório da E.E. Júlio Pestana

Palestra: Professor Herminio Sargentim - Gêneros Textuais

Palestra: Professor Herminio Sargentim

Texto: Currículo

Implementação do Currículo

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Expressões idiomáticas americanas

Make do, os americanos utilizam essa expressão quando eles usam alguma coisa para um determinando fim, embora não seja exatamente o que eles precisam. É isso mesmo, o make do é o nosso bom e velho “quebra galho”. Exemplo: We don’t have a stapler here, can you make do with some scotch tape? (Nós não temos grampeador aqui, dá pra quebrar o galho com durex?)
Make fun of, eu já assisti a alguns vídeos onde os americanos tiram sarro do sotaque dos canadenses, não sei afirmar se isso acontece com freqüência. Podemos dizer o seguinte, Americans used to make fun of canadian accent. (Os americanos costumam tirar sarro do sotaque canadense.)
Make ends meet, se o sujeito não paga as contas em dia, ele é caloteiro mesmo ou ele não é capaz de saldar suas dívidas com o salário que ganha. A expressão Make ends meet pode ser entendida como “ser capaz de pagar as contas com o que se ganha”. Exemplo: I wonder how John manages to make ends meet on such a low salary! (Não sei como John consegue pagar as contas com um salário tão baixo.)
Cost an arm and a Leg, mais uma vez a questão cultural faz a diferença. Assim como um mar de rosas em inglês é uma cama de rosas (a bed of roses), algo que custa caro, ou seja, custa os olhos da cara em inglês custa um braço e uma perna (cost an arm and a leg). Exemplo: These opera tickets cost us an arm and a leg!
Deliver the goods, quando uma pessoa dá conta de determinada tarefa, esta pessoa “deliver the goods”. Exemplo: “Whatch out for Dylan”, John advised Carl. “He’s a great talker but he doens’t always deliver the goods”. A tradução fica assim: “Cuidado com Dylan”, John aconselhou Carl. “Ele é bom de papo, mas nem sempre cumpre o prometido”.
Dirt cheap, quando nós vamos a uma liquidação o nosso objetivo é comprar as coisas dirt cheap, ou seja, muito barato ou quase de graça. Exemplo: I bought a car last weekend. It was dirt cheap!
in left field, é um expressão que vem de um dos jogos mais populares dos EUA, o Baseball. Significa ter idéias que não são normais, na verdade um pouco malucas. Ex: My friend is out in left field. (Meu amigo tem idéias estranhas / anormais.)
Throw a curveball, outra expressão que vem do Baseball. Significa surpreender alguém com uma situação difícil, complicada. Ex.: She really threw me a curveball! There goes all my planning! (Ela realmente me deixou em uma situação complicada! Lá se vão todos os meus planos.)
Get out of hand, imagine que você está dando uma festa (throwing a party) e de uma hora pra outra começa uma briga. Voa cadeira pra todo lado. Você pode dizer que a festa got out of hand, ou seja, saiu do controle.
Sell like hot cakes: se tem uma profissão que adora quando uma coisa “sell like hot cakes” é a profissão de vendedor. Em bom e velho Português podemos traduzir essa expressão como “vender como água”. Exemplo: The book has only just been published and copies are already selling like hot cakes in both Britain and America (O livro acabou de ser lançado e suas cópias já estão vendendo como água na Grã Bretanha e America);
Sleep like a dog: depois de todo o trabalho que tive com a mudança na semana passada eu passei o final de semana dormindo como uma pedra. Em inglês dormir como uma pedra ou dormir profundamente pode ser traduzido como “sleep like a dog”. Exemplo: I always sleep like a dog after a day of surfing (Eu sempre durmo como uma pedra depois de um dia de surfe);
Vanish into thin air: é muito estranho, eu tenho um dom incrível para perder as coisas, durante a pintura da casa as ferramentas desapareciam de repente e eu só as encontrava horas depois. Em inglês desaparecer de repente pode ser dito desta forma “vanish into thin air”. Exemplo: My money gets spent so fast, it seems to vanish into thin air (Meu dinheiro é gasto tão rapidamente que parece desaparecer).

Profª Raquel Turbian de Melo Prado
PCOP Inglês - DER Norte 2

Domínio Público

Assunto: O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso...



ATENÇÃO!!!


Uma bela biblioteca digital, desenvolvida em software livre,
mas que está

prestes a ser desativada por falta de acessos.
Imaginem um lugar onde você pode gratuitamente:

· Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;
· Escutar músicas em MP3 de alta qualidade;
· Ler obras de Machado de Assis Ou a Divina Comédia;
· ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV
ESCOLA
· e muito mais




Esse lugar existe!


O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,basta
acessar o site:



www.dominiopublico.gov.br



Só de literatura portuguesa são 732 obras!

Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o
projeto por desuso, já que o número

de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta
situação, divulgando e incentivando amigos,

parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica
ferramenta de disseminação da cultura e do

gosto pela leitura.


Divulgue para o máximo de pessoas!

Concurso Jorge Amado

Trabalhos da Categoria Imagem

1º. Lugar - “O Vôo do Sem-Pernas” de Otávio José Mânico Barata - Colégio São Domingos
2º. Lugar -“Dona Flor” de William Matheus Feliciano – Escola Estadual Benedito Gebara
3º. Lugar - “Sem título” de Carlos Thadeu Carvalho de Oliveira – Escola Estadual Tereza Delta4º. Lugar - “Jorge Amado: o momento da criação" de Jonathan Claro Bispo de Jesus - Fundação Bradesco
5º. Lugar – “Na cara da moeda” de Lucas Cantoni José - Escola Waldorf Rudolf Steiner

Trabalhos da Categoria Texto

1º. Lugar - “Vidas de areia” de Beatriz Demasi Araújo – Colégio Equipe
2º. Lugar - “Memórias de Areia” de Natália Pereira Ramos – Colégio Objetivo Indaiatuba
3º. Lugar - “História de uma leitora” de Luiza Martins Karpavicius – Colégio Marupiara
4º Lugar - “Jorge Amado um inocente” de Isabela Cavallo – Colégio Pentágono/Caiubi
5º. Lugar - “Jorge Amado Atemporal”, de Luiza Marina Cavalcanti Santana F. dos Santos – Escola Estadual Profª Carmosina Monteiro Vianna

Trabalhos da Categoria Audiovisual

1º. Lugar - “O canto de Janaína” de Felipe Molitor, William Marinelli, Nathalia Miquelino, Isabela Torres, Rafael Costella, Giullianna de Sá e Maria Eduarda Brito - Nossa Senhora do Sion
2º. Lugar - “As mil faces da Bahia” de Thais Vieira da Silva, Kevin Thiago dos Santos, Gabriel Lima de Souza, Paulo Gabriel Brito da Silva, Eric dos Santos, William Santos Rodrigues, Samantha Pires Barbosa, Pablo Henrique Bezerra Rosa, Guilherme Fernando dos Santos Silva, Evandro Marcos Azarias, Lucas Gonçalves Chaves, Roger Ramos reis e Stefani Santos Siqueira - EE Prof. João Gonçalves Barbosa
3º. Lugar - “Capitães da Areia: um romance atual” de Beatriz Sanchez, Bianca Spatafora, Bianca Ferreira, Felippe Ramos, Karina Alvez, Leonardo Real, Marcella Zeitter e Mariana Ferreira - Nova Escola
4º. Lugar - “Jornal Literário” de Adriana de Freitas Silva e Paola de Freitas Morato Carvalho – Escola Estadual Barão Homem de Mello5º. Lugar - “O menino Grapiúna” de Amanda Contiero Leite, Amanda Gabriela Alves, Alessandra dos Santos Misael, Ana Paula Bertoleti, Caio Matheus Delege, Geovanna Fernandes da Costa, Gustavo Henrique Moreira, Ingrid Gabriela Vetere, Juliana Mayra Barbosa, Kevin Emanuel Candido da Silva, Pablo Gabriel Galiza Barbosa, Vinicius de Souza Silvério, Caíque Henrique da Silva Velucci Leme, Jéssica Bernardine da Silva, Lucas Tales Breve Ferreira e Winnie Barbosa Leal da Silva - SESI 370 - Tambaú

Oficinas - CIEE

CIEE abre vagas para oficinas gratuitas de capacitação em SP
Da Redação
Em São Paulo


O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) lança a oficina gratuita Inteligência prática na resolução de problemas, que fornece ferramentas para aprimorar o processo de análise de problemas e tomada de decisão, aumentando as chances da conquista de uma vaga de estágio.

O evento tem carga horária de três horas e vem se somar a outros quatro da grade gratuita do CIEE voltados a estudantes cadastrados no seu banco de dados: Imagem profissional, Atitude empreendedora, Atenção concentrada: desenvolva essa habilidade e Práticas de seleção.

As oficinas são ministradas para turmas de 20 alunos no Prédio-escola do CIEE (rua Genebra, 57/65, Centro, São Paulo/SP). Além de agregar pontos no currículo, os participantes poderão ter preferência no encaminhamento a oportunidades de estágio, considerando que as empresas procuram por candidatos mais qualificados.

Os interessados devem se inscrever no site do CIEE.




SARAU PEDAGÓGICO

A Diretoria de Ensino - Região Norte 2 tem o prazer de convidar todos os Professores, Professores Coordenadores, Vice Diretores, Diretores de Escola e Supervisores de Ensino para participarem do nosso primeiro sarau pedagógico – dia 27/05/10, quinta feira, das 18h30min às 21h.

Esta Diretoria de Ensino entende ser fundamental que os educadores invistam no processo de auto e hetero formação. Pretendemos criar uma cultura de encontros quinzenais, às quintas feiras, no período vespertino, cujos objetivos são: incentivar a construção coletiva do conhecimento, dar voz aos educadores para que exponham suas práticas e pensares, fomentar o hábito da discussão pedagógica por meio de mesas redondas e, ainda, convidar profissionais renomados das nossas universidades para que venham partilhar e colaborar com o processo de formação dos educadores desta Diretoria de Ensino.

No dia 27/05, iniciaremos com a Profª Neide, PCOP desta DE, com um passeio pela história do nosso país, no período dos anos 60 e 70, nos quais vivemos um regime autoritário. Este passeio será regado com as músicas do compositor Chico Buarque de Holanda.

Não percam esta oportunidade de relembrar as nossas histórias de vida inseridas na história do Brasil, por meio da boa música. São estes momentos que fazem A diferença
!

Atenciosamente,

Profª Maria José Valezin
Diirgente Regional
DER Norte 2

Jorge Amado Atemporal

A estação do metrô estava repleta. Odeio ter que pegar fila para comprar passagem depois da aula. Minha sorte hoje, foi que a Fernanda estava comigo e enquanto a fila andava vagarosamente fomos papeando.
-Você viu aquela biblioteca nova do governo lá no Carandiru?
-Ah, é, esses dias eu passei por lá e dei uma olhada, mas ainda não tive tempo de visitar...
Combinei com ela de irmos um dia juntas, pois eu, particularmente, achei a biblioteca incrível. E a Fernanda que gosta de livros tanto quanto eu, vai aodorar, tenho certeza.
-Então, fui lá fazer a minha ficha e tava vendo alguns livros quando achei esse aqui do Jorge Amado, olha que interessante.Tirei o livro da bolsa e mostrei a capa a ela. Confesso ter ficado surpresa com a reação dela que inesperadamente espantada tomou-se o livro da mão.
-Ah, não! Você está lendo Jorge Amado?
Eu a fitei com expressão curiosa, afinal qual era o problema em estar lendo um livro do escritor Jorge Amado?
-Ai, nada haver ler isso. - ela olhava para o livro com repulsa - O cara só falava de macmba, mulheres da vida e vagabundos...
-Ah, nada haver com você, nem vem! Oh!, você com os seus preconceitos de novo.
-Preconceito nada, vai dizer qe não é isso mesmo?
-Não, nada haver. Já leu Capitães da Areia?
-Já, eu fui obrigada, pra fazer aquele bendito trabalho de sociologia e sinceramente, quer saber? Não gostei nem um pouco... Ah, cara chato repete uma coisa não sei quantas vezes seguidas, parece que sei lá...
-Ah, Fernanda, nada haver! Sabia que o baiano Jorge foi um dos maiores escritores do século XX? E ele ainda é uam grande referência, tá? Escreveu não sei quantos livros e...
-Ei, ei, ei, como assim o baiano Jorge Amado? Que intimidade toda é essa?
-Ah, isso mesmo. -eu disse dando com os ombros -Porque eu gostei de ler os livros dele e resolvi fazer uma pesquisa sobre a vida dele...
-Nossa. -disse ela me ignorando.
-Ah, e sabe o que eu descobri?
A fila andou mais duas pessoas, mas ainda faltavam umas quatro ou cinco a nossa frente. Então resolvi continuar com o assunto já que eu não podia acreditar na ignorância ultrapassada da fernanda.
Ele nasceu em Itabuna. -ela me escutava com indiferença - Itabuna lembra? Daquele trabalho degeografia que fizemos juntas sobre as zonas cacaueiras... -ela sentiu.
-Pois então, depois de algum tempo trabalhando em jornais ele foi para o Rio de Janeiro e fez faculdade de direito, só que ele nunca exerceu essa profissão.
-Nossa que legal. -disse ela irônica.
-Ai começou a publicar livros. Suas primeiras obras são explicitas denúncias sociais e é clara a sua preocupação com questões desse tipo.
-Eu sei. Ele participou do Partido Comunista Brasileiro, eu já vi isso em história.
Chegou a nossa vez na fila para comprarmos o bilhete.
É simplesmente inacreditável que você, mesmo já tendo lido várias coisas a respeito dele possa ter essa visão tão falta, tão parcialmente precária.
Passamos à catraca e descemos em direção ao trem.
-Só estou dizendo que não gosto do tipo de texto que ele escreve. Não acho legal todo esse excesso e valorização regional que ele dispensa à Bahia. Ele cria uma imagem do Brasil muito limitada, entende?
Entramos no vagão que lotou em um segundo. De pé no corredor segurei-me com força no poste.
-Tenho que me opor a sua opinião. -eu disse a Fernanda que se segurava desajeitadamente para não cair. -E não tem o livro Capitães da Areia, que você disse que leu?
-Hã?
-Sabe em que ano foi escrito?
-No século vinte. -respondeu ela sarcástica.
-Em 1937.
-Nossa! Mas é tão atual...
-Pois é. Uma das características de Jorge Amado é essa. Seus livros nunca ficam obsoletos, seus criticas ainda valem e infelizmente ainda existem vários capitães da areia por ai pelas ruas.
Pus-me a debater com ela a respeito do autor, sugerindo a principio alguns títulos e incluindo o meu que eu estava lendo. Ela relutava em aceitar as minhas indicações, mas por fim concordou comigo, pois Jorge Amado assim como muitos outros escritores da sua época foi um vencedor. Um grande exemplo, com suas obras adaptadas com sucesso para o cinema, teatro e para a televisão.
Saltamos na nossa estação e me despedi de Fernanda que pensativa refletia por certo em tudo o que conversamos. Fui caminhando em direção a minha casa, quando ela me chamou humildemente pensativa.
-Luiza? Sabe esse livro que você está lendo? -eu assenti e ela timidamente abaixou a voz, um pouco acanhada. - Será que... Depois que você terminar de ler, você... me empresta?
Rimos juntas, divertidas.
-É claro que sim. -eu disse e em despedi.
Na volta para casa fui pensando comigo: Ela vai adorar, tenho certeza!
Luiza Marina Cavalacante Santana Ferreira dos Santos
Aluna da 8ª série A/9º ano
EE Professora Carmosina Monteiro Vianna
Professor Orientador: Cristina Aparecida Sanchez